Manassés fica três dias na catraca do ônibus esperando alguém pagar a passagem pra ele “fazer a obra de Deus “


Um jovem em reabilitação no instituto manassés em Teresina, ficou três dias na catraca do ônibus esperando que alguém pagasse sua passagem para ele poder fazer o seu trabalho. Depois do terceiro dia, a empresa resolveu chamar os representantes do instituto para convencê-lo a sair do ônibus, mas eles se negaram e disseram que o rapaz teria que continuar insistindo até alguém pagar sua passagem. “É a obra de Deus Irmão, não podemos nunca desistir. Jesus passou 40 dias no deserto. Três dias aqui não é nada comparado ao que nosso salvador passou”, disse Maxuel que está na casa a dois meses.   

Segundo alguns passageiros que pegaram o ônibus com ele, a cada 30 segundos ele pedia pra alguém pagar sua passagem dizendo que a obra de Deus seria feita. “Ele não desistia, insistia mas ninguém quis pagar, então ele ficou lá a viagem toda pedindo a cada 30 segundos”, disso a funcionária pública Fernanda Gonçalves.

Já o cobrador do ônibus, disse que não estava mais suportando ele, e que ele ficava todo tempo resmungando xingamentos aos passageiros por não estarem colaborando com ele. “Cara insuportável, insistente. Ficou três dias lá, e não tinha que o tirasse de dentro do ônibus, nós encerrávamos as viagens mas ele ficava lá em pé mesmo com o ônibus na garagem, e quando chegávamos de manhã ele ainda estava lá”, desabafa o cobrador.

O instituto manassés é uma casa de reabilitação que recolhe os usuários de drogas e fazem um tratamento durante nove meses, o usuário é obrigado a entrar nos ônibus para vender um kit informativo pelo valor de três reais. Eles alegam que esse dinheiro vai para o sustento da casa.


As notícias deste site são fictícias e o objetivo é fazer humor 

Postar um comentário

0 Comentários