Em Teresina motorista para pra pedestre atravessar e ganha busto na Frei Serafim


O Comerciante Júlio Cesar teve uma atitude pouco comum de se ver em Teresina. Na manhã desta quinta-feira, ele decidiu parar seu carro para dar passagem a um pedestres. O caso aconteceu na Av. Frei Serafim por volta das 10h da manhã, e impressionou quem estava passando pelo local.

Logo seu Júlio foi identificado pealas câmeras de monitoramentos e chamado a prefeitura de Teresina para que o próprio Prefeito Firmino Filho desse os parabéns a ele. Na ocasião, o Prefeito ainda entregou uma medalha de cidadão exemplar, e prometeu  que o comerciante terá um busto no canteiro da AV. Frei Serafim.

“Ele é um cidadão exemplar, fez um ato que nunca mais eu tinha visto nessa cidade, em 20 anos de prefeito essa é a primeira vez que tenho a oportunidade de parabenizar um teresinense por uma bela atitude”, disse o Prefeito Firmino. Ele ainda garantiu que o busto estará na Frei Serafim ainda esse mês. “Já estamos providenciando, fizemos a licitação e já escolhemos a empresa que vai fazer esse busto”, afirma.

Lucas Sousa, é o pedestre para quem seu João deu passagem na manhã desta quinta. Ele conta que não acreditou, e que quase não atravessou pensando que era uma pegadinha. “Fiquei parado olhando para todos os lados, achei que fosse brincadeira de alguém, nunca imaginaria que isso iria acontecer comigo. Me sinto muito privilegiado”.

Seu Júlio afirma que não fez mais do que sua obrigação, e que todos deveriam fazer isso, além de tudo ele também relata que não queria ver alguém passando pelo que ele passou a vida toda. “Comprei meu carro a poucos dias, até algumas semanas atrás era eu quem tinha que me arriscar atravessando avenidas correndo risco”, diz ele.

Algumas testemunhas no local afirmaram que os motoristas que vinham atrás de seu Júlio quiseram agredi-lo, por ele ter parado o transito para um pedestre passar. Outros ainda afirma que nunca viram nada parecido.



As notícias deste site são fictícias e o objetivo é fazer humor

Postar um comentário

0 Comentários