Jovem entra na Ufpi e sua mãe diz que ele foi substituído por um hippie. “Não é meu filho”

Dona Iracema de 42 anos está passando por um momento muito difícil em sua vida. Segundo ela, seu filho, Rafael Almeida de 17 anos teria passado para ciências sociais na Universidade Federal do Piauí e poucos meses depois estva irreconhecível. Ela tem certeza de que o rapaz foi trocado por um hippie que está se passando pelo seu filho.

“Aquele rapaz ali não é meu filho, trocaram ele por esse hippie ai que não sei quem é. Só é parecido. Mas meu filho não tinha essa barba, ele cortava o cabelo e não se vestia com essas roupas estranhas ai, meu filho era um rapaz direito, ia para igreja. Esse dai nem acredita em Deus”, desabafa Dona Iracema. Ela ainda reclama que ele quase nunca vai em casa. “Ele sai dizendo que vai para universidade e só volta três quatro dias depois, não come aqui, mora lá”, diz.

Já o estudante Rafael nega ser outra pessoa, ele apenas afirma que mudou as ideias e pensamentos ao entrar na Ufpi. “Eu abri minha mente, não podemos ficar preso nesse mundinho cheio de padrões impostos pela sociedade, somos apenas um grão de areia nesse universo, por isso temos que viver do jeito que queremos e como gostamos, chega dessa ditadura burguesa nos impondo padrões”, comenta.
Dona Iracema diz que que já foi a polícia denunciar o sumiço do filho, mas o policial verificou fotos dele e não acha que sejam pessoa diferentes. Ela ainda pretende fazer um exame de DNA para ter a confirmação

Postar um comentário

0 Comentários