Assembleia Legislativa e a Câmara não são a casa do povo por que o povo não usa terno e gravata

Os políticos costumam dizer aos quatro cantos, dos plenários, que a Assembleia legislativa ou a Câmara Municipal são "a casa do povo". Mas a verdade é que estes lugares andam longe de ser algo do povo, por que o verdadeiro povo, aquele que realmente precisa ser escutado por estes políticos nem se quer podem ter acesso a estas "casas".
Não tem acesso por que lá no plenário, onde teoricamente eles discutem as leis, que estão relacionadas diretamente com o povo, só é permitido entrar de terno e gravata, mas o povo, em sua grande maioria pobre, não tem, e nunca usou terno e gravata, logo, o povo não pode entrar, assim a casa anda é longe de ser dele.
E até mesmo para entrar nesses lugares, mesmo não sendo no plenário, é preciso estar relativamente bem vestido, não pode entrar de bermuda. Mais uma vez eu digo, o povo, não se veste bem, o povo se veste como pode e usa o que tem, as vezes ele não tem nenhuma calça. E mais uma vez eu digo: Esses lugares não são a casa do povo.
Assim, dá para entender o porque os políticos fazem o que bem entendem. O povo não pode entrar nesses lugares para cobrar, para fiscalizar ou até mesmo para entender o processo legislativo. O povo é obrigado a esperar o político dizer o que é melhor para ele, quando deveria ser ao contrário. 

Postar um comentário

0 Comentários