Enquanto a senadora Regina Sousa é tratada como palhaça, Ciro Nogueira faz o povo de palhaço



O Piauiense de uns anos pra cá resolveu pegar no pé da senadora Regina Sousa (PT). Tudo que ela faz ou fala é motivo de chacota. Tá certo, ela é meio nonsense mesmo. A final, não é todo dia que uma senadora diz que uma criança pode pegar renite dentro da barriga da mãe.
Regina é aquela senadora que o povo trata como uma palhaça, mas ela nem se importa e continua lá fazendo suas palhaçadas, cometendo suas gafes. Porém, enquanto a tratamos como palhaça, tem um certo senador que resolveu nos tratar como palhaços. Sim ele mesmo, o gostosão das tapiocas. O baú da felicidade do Wellington Dias. O homem das malas de dinheiro, como diz o deputado Robert Rios. O senador Ciro Nogueira, poderoso chefão, dono da porra toda la no PP. Aquele que a Dilma odeia mais do que o Michel Temer.
Este senador, que é alvo da Lava Jato, e foi gravado negociando propina com o empresário Joesley Batista vem ao Piauí sempre que pode, para, ao lado do governador, pagar de bom moço, homem honesto e que trás dinheiro para o nosso estado. Sempre que pode ele vem nos fazer de palhaço, logo nós, que temos o maior youtuber e humorista do Brasil, logo nós que temos a senadora mais cômica do país, que temos o Bob Nunes... Não esse aí vamos ignorar.
Mas parece que a casa caiu em senador, parece que o deputado Robert Rios finalmente vai poder soltar aquele sorrizão de orelha a orelha e dizer "Eu tinha razão". Pobre dos deputados, que já tem que aguentar esse homem discursando por mais de uma hora todos os dias sem ter razão, agora terão que atura-lo coberto de razão.
É isso, temos uma senadora para tratar como palhaça, mas também temos um senador para nos fazer de palhaços. Somos ou não um povo privilegiado em?

Postar um comentário

0 Comentários