Terroristas respondem Gleisi e dizem não vir ao Brasil por medo da concorrência em Brasília

Após as declarações da senadora Gleisi Hoffmann para a teve Al Zazera, que segundo a direita
 foi uma convocação para que os terroristas da Al Qaida e Estado Islâmico venham ao Brasil soltar o ex-presidente Lula, os terrorista responderam dizendo que também interpretaram como um pedido de ajuda.
No entanto, eles negaram o suposto pedido por que segundo eles, não querem briga com seus concorrentes brasileiros. "Aí tem terroristas mais perigosos do que a gente, não queremos mexer com eles, são poderosos. Estamos falando desses político que ficam em Brasília. Achamos melhor não nos envolvermos por que eles são muito cruéis", disse o líder do Estado Islâmico.

As notícias deste site são fictícias e o objetivo é fazer humor 

Postar um comentário

0 Comentários