Psicólogos passam a chamar ejaculação precoce de Transtorno do Discurso do Bolsonaro em Davos


Inspirados do metórico discurso do Bolsonaro em Davos, este que deixou os participante putos de raivas, pois iriam usar o tempo pra beber água mas durou apenas 6 minutos, o conselho nacional de psicologia decidiu rebatizar a ejaculação precoce como 'Transtorno do discurso do Bolsonaro em Davos".
A decisão veio do presidente do conselho, que afirmou fazer uma boa alusão a coisas rápidas e precoces. "Quando vi que ele terminou o discurso em 6 minutos eu me lembrei de vários pacientes com ejaculação precoce que também terminam o ato sexual em 6 minutos. Então resolvi rebatizar o transtorno com esse nome. Achamos que o discurso pode servir com uma ótima referência quando uma pessoa lembrar da vergonha que é terminar em 6 minutos", afirmou o psicólogo Almir Macedo.

Postar um comentário

0 Comentários