Com algumas horas de redes sócias fora do ar, Brasil cai 20 posição no ranking de fake news e discurso de ódio


O Facebook, Instagram e WhatsApp estão tendo muita instabilidade nesta quarta-feira, para agonia dos brasileiros e principalmente eleitores do Bolsonaro, ficando fora do ar por várias horas e limitando as possibilidades de postagens de mídias.
Com isso, o Brasil já caiu 20 posições no ranking de países que mais compartilham fake news e discurso de ódio, já que são estas a principais redes onde são veiculados estes conteúdos.
"Caímos de segundo para vigésimo segundo só com estas horas em que as redes sociais estão instáveis, isso mostra que o brasileiro parece usar as redes somente para isso", disse um especialista.
Outro benefício, é que famílias voltaram a conversar entre si e olhar um no olho do outro. "Descobri que minha filha tá gravida, eu nunca imaginei", disse uma mãe, "Não reconheci meu pai, ele não era gordo desse jeito", disse um adolescente.
O caso mais impressionante aconteceu em uma família de São Paulo, onde uma mãe conseguiu fazer a comida sem queimar o arroz e o filho finalmente lavou a louça.

As notícias deste site são fictícias e o objetivo é fazer humor  

Postar um comentário

0 Comentários