"Pela primeira vez temos um presidente que nos representa", diz jovem com prisão de ventre


Após sugerir que devemos fazer coco um dia sim outro não, o presidente Jair Bolsonaro ganhou apoio das pessoas que sofrem com prisão de ventre no Brasil. Segundo o representante da Comunidade dos que Não Cagam Direito (CNCD), eles agora se sentem representados e vão apoia-lo em 2022.
"Nunca antes tivemos um presidente que nos represente. Agora o Bolsonaro nos contempla ao sugerir que caguemos um dia sim outro não, por nós já fazemos mais do que isso. Muito cagam uma semana sim outra não", diz o representante.

As notícias deste site são fictícias e o objetivo é fazer humor

Postar um comentário

0 Comentários