Há 0 dias sem crise, assessores de imprensa do Governo exigem salubridade para continuarem no cargo


Há exatamente zero dias sem crise, o Governo Bolsonaro está tendo que resolver mais um grande problema. Segundo informações, os assessores de imprensa do Planalto estão ameaçando deixarem o cargo caso não recebam salubridade, benefício dado ao trabalhador que exerce uma profissão de risco. 
O representante dos assessores afirmou que cuidar da comunicação desse governo é algo muito perigoso, pois pode causar danos sérios à saúde mental da pessoa. 
"Ser assessor desse Governo destrói a vida de qualquer pessoa, é jornalista ligando 24h por dia. Já perdi minha esposa por que tenho que resolver crise toda hora e atender ligação até na hora que estou transando com ela. Não vejo meus filhos há mais de dois meses. Estamos exigindo que nos paguem salubridade por que esse cargo virou uma profissão de risco. Esse presidente faz muita merda e nós que temos que resolver", desabafa o assessor.

As notícias deste site são fictícias e o objetivo é fazer humor 

Postar um comentário

0 Comentários